Cânion Fortaleza, em Cambará do Sul - RS.
Brasil,Rio Grande do Sul

O que fazer em Cambará do Sul na chuva ou neblina

Cambará do Sul está a 192 km de Porto Alegre, na Região chamada de Campos de Cima da Serra. A cidade é a porta de entrada para visitar os principais cânions do Rio Grande do Sul e conhecida como “Terra dos Cânions”.

Possui o maior conjunto de cânions da América do Sul e é, com toda a certeza, uma cidade ótima para contemplar a natureza. A cidade é pequena com 6400 habitantes segundo dados do IBGE (2020) e, assim como outas na região, é uma cidade com baixas temperaturas do estado e no Brasil.

O nome da cidade vem de origem tupi-guarani e significa “folha de casca rugosa”, que é o nome de uma árvore típica da região que pode ser visitada na praça central da cidade, em frente a igreja.

Existem dois cânions na cidade o Itaimbezinho e o Fortaleza. No início de 2021, ocorreu a privatização dos parques que, como resultado, começou a cobrar pela entrada desde outubro. Prometeram melhores condições de estrutura e acesso, assim como já aconteceu no Parque Nacional Cataratas do Iguaçu e no Corcovado do Rio de Janeiro. A empresa Urban que venceu a concorrência e é a mesma que administra o Parque Ibirapuera em São Paulo.

Infelizmente, fomos na primavera, mas pegamos neblina, frio e chuva todo dia e quando fica o tempo dessa maneira não tem como visualizar o cânion. Os moradores chamam esse fenômeno de “viração“. Portanto, quando você ouvir essa palavra, quer dizer que não tem como ver nada no local. Isso leva a gente para próximo tópico.

Exemplo de como fica o cânion na viração

Quando ir para Cambará do Sul

A estação quente dura seis meses e vai outubro até abril, isso significa que faz calor e, com o céu quase sempre encoberto, sensação de estar abafado, e causa chuvas volumosas principalmente no verão, então daria até para ver os cânions alguns períodos de manhã e chuva e neblina na parte da tarde ou o dia todo.

O inverno é curto, frio e seco, mas em compensação o céu quase sempre sem nuvens. Mas infelizmente dura pouco mais de dois meses, de 14 de maio a 27 de julho, podendo aproveitar assim o frio da serra, sendo essa a melhor época para ir na região, entre o meio de abril até o fim de setembro, para conseguir ver os cânions abertos, a temporada de montanha.

Portanto pegamos muita chuva, névoa e tempo abafado então indicaremos para vocês o que fazer se o tempo estiver da mesma maneira.

Como Chegar em Cambará do Sul

O acesso pelo pode ser feito por Porto Alegre que fica a 185 km, Gramado que fica a 113 km. Além disso, também existe a possibilidade por Santa Catarina, acessando por Praia Grande, que fica abaixo da serra, a 285 km de Florianópolis. A partir da cidade é preciso subir a serra do Faxinal.

Quanto tempo ficar em Cambará do Sul

Logicamente que depende de qual passeio você está interessado em fazer, mas para conhecer os 2 cânions com tranquilidade mais a trilha do Rio do Boi ou ir até Praia Grande 3 dias completos, mas se você não quiser fazer todas as trilhas acho que dois dias são suficientes.

Pousada em Cambará do Sul

Ficamos na Pousada Serra Geral onde a dona Vera é extremamente agradável, simpática e solicita. O quarto é de um bom tamanho, o banheiro igualmente espaçoso e possui água quente, a dona da pousada também é dona do posto de gasolina anexo ao hotel.

O café da manhã é bem farto com várias opções de bolos, paes, ovo, geleia, achamos bem gostoso.

Pousada Serra Geral, em Cambará do Sul.
Pousada Serra Geral

O que fazer em Cambará do Sul

Praça Central: Igreja, casa amarela, letreiro e “Sequoia Lunar”

O centro de Cambarás do Sul assim como a rua principal são muito pequenos, mas vale conhecer a praça central onde tem a árvore que dá nome a cidade, o letreiro da cidade sendo legal para tirar fotos.

Na praça também está a Igreja Matriz São José e uma “sequoia lunar” que, de acordo com uma placa, durante a missão espacial do “Apollo 14“, germinaram sequoias em solo lunar. Em 1971 retornaram ao planeta Terra e, logo em seguida, distribuídas em vários países do mundo, indo uma para Cambará do Sul.

Ao lado da Praça, está situada uma antiga casa amarela de madeira dos anos de 1960 que funciona como um Centro Cultural de Cambará com objetos que contam a história da cidade.

Há também a Casa do Turista, que é o centro de Informações turísticas, com atendimento diário das 8:00 as 18:00 horas, na avenida Getúlio Vargas, 1720.

Praça Central: Igreja, casa amarela, letreiro e "Sequoia Lunar"
Praça Central: Igreja, casa amarela, letreiro e “Sequoia Lunar”.

Comprar geleias ou sorvete no Sabores da Querência

Os Sabores da Querencia (instagram) é aquele local bonitinho de conhecer e com geleias, antepastos e sorvetes preparados pelos donos que medem o açúcar da fruta e, dessa forma, só adicionam o necessário.

O terreno tem 15 hectares, e dá para visitar a plantação das frutas usadas nas geleias, andar a cavalo e alimentar as ovelhas. O Vico, dono do local, é carioca e veio para o sul em 1995. Já a Cláudia, sua esposa é gaúcha e são bem agradáveis para conversar e, principalmente, saber sobre a região.

E é um lugar super agradável de visitar e conhecer independente do tempo e, portanto, fica aí nossa dica.

Sabores da Querência, em Cambará do Sul - RS.
Sabores da Querência, em Cambará do Sul – RS.

Andar a cavalo em Cambará do Sul

Existem vários locais para andar de cavalo e pegamos um passeio de 1 h30 min por R$90,00 na Cabanas do Casarão o espaço é ótimo, porque tem uma cafeteria para quem quer esperar e da para andar por lindos campos para ver a beleza da região.

Passeio a cavalo no Cabanas do Casarão em cambará do sul
Passeio a cavalo no Cabanas do Casarão.

Comer no Restaurante Estância Felicidade

O Restaurante Estância Felicidade (instagram) é ideal para qualquer dia também possui uma trilha de 2 km e visualiza duas cachoeiras por um valor de R$20,00 por pessoa.

A comida do lugar é espetacular com carne deliciosa, legumes grelhados na brasa, salada, uma abóbora, linguiça, costela e batatas com alecrim por R$105,00 por pessoa e ainda inclui sobremesa que é uma banana grelhada com doce de leite simplesmente espetacular. E ainda o dono do local o Carlos é uma pessoa extremamente cordial e atenciosa!

No local também possui Chalé se você quiser ficar na região. O almoço tem que fazer a reserva com o Carlos pelo instagram, tem horário para chegar.

Salão do Restaurante Estância Felicidade.
Salão do Restaurante Estância Felicidade.
Cachoeiras da Estância Felicidade.
Cachoeiras da Estância Felicidade.
Comida no Estância  feliciodade em cambará do sul
Comida no Estância Felicidade

Onde comer no centro de Cambará do Sul

De gusta restaurante (instagram) lugar agradável com ambiente descontraído com karaokê e boa comida, os lanches são gigantes então é bom ir com fome, mas se você estiver na dieta também possui a carne com salada e abobrinha.

Tem pratos gourmets e boas opções de sobremesa. Com preços de lanches que variam de R$22,00 a R$40,00.

Restaurante De Gusta, em Cambará do Sul.
Restaurante De Gusta, em Cambará do Sul.

Se o Tempo estiver bom

Vamos dar as dicas dos passeios clássicos na região! Como já está no titulo não conseguimos pegar um tempo bom então as fotos foram cedidas por um casal de amigos!

Cânion Itaimbezinho

O Cânion Itaimbezinho é o cartão postal da cidade e é também o cânion mais visitado da região. Suas paredes medem 5,8 km de extensão, 720 metros de profundidade e 600 metros de largura e está localizado no Parque Nacional de Aparados da Serra, a 18 km do centro de Cambará do Sul no km 18 da RS-429.

A estrada é de terra até chegar o cânion, portanto é bom estar com um carro mais alto ou 4×4, no caminho tem muitos buracos. O Itaimbezinho tem 3 trilhas. Duas na parte de cima, a trilha do Vértice com 1,4 km (ida e volta) e a do Cotovelo, com 6 km (ida e volta). A terceira fica na parte inferior do Cânion, em Praia Grande (SC), conhecida como Trilha do Rio do Boi, que passa por dentro do cânion.

Ingressos: a partir de 1 de outubro de 2021 iniciou a cobrança do ingresso. O preço é de R$35,00 por pessoa por dia para ter acesso aos dois cânions, Itaimbezinho e Fortaleza, mais o estacionamento do carro R$20,00. A trilha do Rio do Boi, que tem acesso por Praia Grande ainda não estão cobrando, mas irão cobrar, porém sem data e valor até o momento.

Para dois dias, a tarifa será de R$ 55. O valor valerá para os três primeiros meses. A partir de 1º de dezembro de 2021, aumenta para R$ 50,00 individual para um dia e R$ 80 para dois dias. 

Cânion Itaimbezinho, em Cambará do Sul - RS.
Cânion Itaimbezinho
Cascata das Andorinhas, no Cânion do Itaimbezinho, em Cambará do Sul, RS.
Cascata das Andorinhas no Cânion do Itaimbezinho

Cânion Fortaleza

O Cânion Fortaleza está situado no Parque Nacional da Serra Geral no km 22 na CS-012, considerado um dos mais bonitos do Brasil. A estrada também de terra com muitas pedras. Ideal estar em carro apropriado para acessos difíceis ou contratar guia.

Com mais de sete quilômetros de extensão e dois de largura, essa fantástica obra da natureza chega a uma altura de 1.240 metros acima do nível do mar. O nome Fortaleza deve-se aos seus paredões que parecem muralhas.

Possui três trilhas: a do mirante, onde é possível ver a grandiosidade do cânion e, em dias claros, parte dio litoral gaúcho com 3,5 km (ida e volta); a da Cachoeira do Tigre Preto de onde despencam as águas do Rio Segredo com 2 km (ida e volta).

A terceira trilha é da Pedra do Segredo, um bloco de rocha de cinco metros de altura e 30 toneladas que está equilibrado em uma base de apenas 50 centímetros, que é a sequência da trilha da Cachoeira do Tigre Preto, continuando por cerca de 500 metros já consegue avistar a pedra.

Ingresso: já explicado anteriormente.

Cânion Fortaleza, em Cambará do Sul - RS.
Cânion Fortaleza, em Cambará do Sul – RS.
Cânion Fortaleza, em Cambará do Sul - RS.
Cânion Fortaleza
Vídeo com uma visão geral do Cânion Fortaleza.

Trilha do Rio do Boi

Como já escrevi fica localizado na parte baixa da serra, no município de Praia Grande, em Santa Catarina, e o passeio que se faz por dentro do cânion Itaimbezinho. É a trilha mais longa e difícil do Parque Nacional de Aparados da Serra. E para realizar necessita do acompanhamento de um guia ou condutor credenciado no Parque.

As vagas estão diminuídas e é muito difícil de conseguir, quem faz o cadastro é o guia, então indicamos pegar uma agencia maior para realizar, porque alguns dos guias são bem desorganizados e perdem o tempo da inscrição ou não conseguem te inscrever.

Outro problema é a época das chuvas, porque assim sobe o nível do rio e também não tem como realizar a travessia, porque são 14 km de trilha (ida e volta) passando várias vezes por dentro do rio e entre muitas pedras.

A caminhada dura cerca de 5 a 7 horas. No verão o possibilita banhos em cachoeiras em piscinas naturais.

Por Praia Grande também dá para ser realizado o passeio de balão podendo assim visualizar o cânion, sendo essa mais uma experiência na região os valores variam entre R$639,00 por pessoa em passeios coletivos, R$2.490,00 para duas pessoas até R$5.640,00 até 6 pessoas em voo exclusivo.

Leia mais sobre a nossa viagem em Ausentes, Urubici e Bom Jesus.

Você também pode gostar...

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.