Parque Burle Marx
Dicas de São Paulo,Parques em São Paulo

Parque Burle Marx, uma volta pelo Panambi

Certamente, para entender melhor o parque Burle Marx (site) nada melhor do que saber sobre a sua história.

O parque fica na Avenida Dina Helena Pereira de Morais, 209 – Vila Andrada e funciona todos os dias das 07 às 19 horas com entrada gratuita.

Eventualmente, ocorrem eventos pagos no parque e em seu estacionamento como agora está o Jurassic Park e para estacionar o carro o valor é de R$15,00 e deixa com o manobrista.

História do Parque Burle Marx

De acordo com os registros, na década de 1940, o empresário Francisco Matarazzo Pignatari comprou um pedaço de terra no Panamby da antiga Chácara Tangará para ele e sua futura esposa, a princesa austríaca Irá Von Furstemberg, com uma tamanho de 15 hectares.

Ele então contratou o arquiteto e paisagista Roberto Burle Marx para fazer o jardim de sua casa para construir 8.000 m2 já desenhados por Oscar Niemeyer, mas no processo o mesmo se envolveu com uma princesa italiana e rompeu com a austríaca, o que interrompeu as obras por tempo indeterminado.

Posteriormente, da década de 50 até 90, a venda do terreno teve vários embargos até virar um parque público de administração privada pela Fundação Aron Birmann. Burle Marx realizou a restauração do jardim lateral da casa. Além disso, a residência construída por Oscar Niemeyer foi derrubada e construído o Hotel Palácio Tangará.

A área do Jardim do Pátio com planos ortogonais, amplo gramado xadrez e os espelhos d’água foram projetados por Burle Marx e o restante do parque pela paisagista Rosa Kliass.

O parque foi inaugurado em 1995 com 138 mil metros quadrados.

Sobre o parque

O parque possui uma proposta mais de passeio e preservar um trecho de Mata Atlântica que sobrou de São Paulo, sendo assim diferente do Parque Ibirapuera não possui bicicleta, skate ou espaço para jogar bola.

Mapa para você se localizar no parque Burle Marx
Mapa do Parque

Conta com três trilhas de terra super bem conservadas e limpas: trilha A 342 metros, trilha B 842 metros e trilha C 1050 metros. Há alguns totens de madeira marcando a trilha mostrando desde seu início das três juntas perto do lago e ao longo do caminho, mas não são fáceis de encontrar.

Foto mostrando as trilhas do parque
Trilhas do parque Burle Marx

No parque, há o bosque da Jabuticabeira, a região dos lagos, o lago principal com, inesperadamente, uma ilha flutuante em seu centro. Completam o parque um playground, um grande gramado central, uma horta comunitária, estação de compostagem e, finalmente agora atualmente, o Jardim Burle Marx.

Área para pique nique do parque e para aproveitar o dia
Gramado para Pique nique no parque
Lago do parque Burle Marx
Lago com ilha flutuante ao fundo

O jardim é lindo possuindo espelhos d’água conforme já escrevemos na História do parque. É essa é a parte mais bonita do passeio: olhar pelas palmeiras reais e imponência do local.

Jardim que Burle Marx projetou
Jardim Bourle Marx

Possui um lugar ao lado do playground quiosques e foodtruck com opções de hambúrguer, massa, pastel, bolos, águas de côco, etc, em uma região bem organizada, então não vai passar fome ou sede.

Quiosques com venda de água de coco, refrigerantes e doces
Quiosques
Local para colocar os foodtrucks e alimentação
Foodtruck

Regras que são importante citar:

  • Não pode entrada de animais
  • Para ensaios fotográficos possui uma taxa
  • Entrada de skate, bicicleta e patins até aro 20
  • Pode fazer piquenique até 10 pessoas.

Saiba mais sobre outros parque no parque Estadual da Cantareira.

Você também pode gostar...

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.