Parque Lage
Brasil,Destaques,Rio de Janeiro,Rio de Janeiro

O que fazer no Rio de Janeiro, a cidade maravilhosa

Para começar, o Rio de Janeiro é uma das principais cidades do Brasil, onde o turismo é muito forte porque possui lindos locais para visitar. Se bem que até por ter sido a antiga capital do Brasil, no período de 1763 até 1960, quando foi trocada por Brasília.

A primeira coisa que queremos falar é que o Rio é um local extremamente violento então tem que tomar muito cuidado com jóias ou qualquer coisa que você queira usar. Assim, a dica que damos é simplesmente não usar.

Dar sempre prioridade para lugares pagos e fechados mesmo no turismo, para não sofrer um assalto ou um arrastão, ou até mesmo uma bala perdida e tomar muito cuidado com os locais que ficam com vistas lindas, mas infelizmente estão dentro de comunidades, ex Mirante Dona Marta.

Não indicamos você entrar em nenhuma comunidade mesmo acompanhado, pois sua vida não vale esse risco e tem vistas muito mais bonitas que você pode ver e encontrar.

Vamos escrever os locais que fomos visitar dessa vez e, sobretudo, como fazemos para escolher os locais ou comprar os ingressos.

A onde se hospedar no Rio de Janeiro

Vai depender muito do que você quer conhecer na região, porque o Rio é uma cidade grande. O Ibis Style Botafogo é um ótimo local para se hospedar, porque fica perto de todos os pontos turísticos e tem a qualidade do Íbis. O Novotel Porto Maravilha é bem próximo ao centro e também bem fácil de se locomover pelo centro.

O que fazer no Rio de Janeiro

Centro Histórico do Rio de Janeiro

Mesmo com a chuva e pelos locais serem próximos, fizemos tudo a pé, mas estávamos com roupa propícia para chuva. Alugamos o carro, mas foi muito difícil achar uma vaga para estacionar no centro.

Confeitaria Colombo

Fomos para tomar café da manhã que devido a pandemia está com horários reduzidos, então confira a programação. Enfim, escrevi sobre a confeitaria em outro post – onde comer no Rio de Janeiro. Vale muito a pena porque o lugar é lindo, construído no estilo colonial e a comida é muito gostosa.

Colombo confeitaria café da manhã
Colombo confeitaria café da manhã

Teatro Municipal

Uma obra imponente no centro do Rio, inaugurada em 1909, que demorou quatro anos para ser construída com estilo eclético, mas está fechada pela pandemia. Durante a semana é possível fazer um passeio guiado pelo Teatro (site), porém aos finais de semana somente a programação dos espetáculos.

Teatro municipal
Teatro Municipal

Catedral de São Sebastião

  • Igreja católica.
  • Conhecida também como Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro.
  • Inaugurada 1979.
  • Altura: 75 metros em formato cônico.
  • Inspirado nas pirâmides maias.

Imponente pelos seus vitrais, sobretudo bonito conhecer por dentro.

Catedral São Sebastião e seus vitrais

Escadaria Selarón

  • Localizado entre os bairros de Santa Tereza e Lapa.
  • Criada pelo artista Chileno Jorge Selarón, que era pintor e ceramista.
  • Feito com duas mil peças de azulejos.
  • Construída em 1990.

Eu achei lindo o local, fica em uma entrada próximo aos arcos da Lapa e se você estiver na hora do almoço, vale a pena ir nos restaurante próximos a escada, porque tem ótimas indicações.

Escadaria Selarón no Rio de Janeiro
Escadaria Selarón

De lá pegamos o carro e fomos para uma região da zona do porto do Rio que está muito bonita porque foi revitalizada em um projeto chamado Porto Maravilha.

O que conhecer em Porto Maravilha

Essa região que representa estão diversas atrações que são ótimas de ir visitar, principalmente se estiver um dia de chuva, porque a maioria fica em espaço fechado.

Museu do Amanhã

  • Museu de ciências aplicada e interativo.
  • Altura 20 metros
  • Ingressos: R$30,00 inteira e R$16,00 meia.
  • Inaugurado em 2015.
  • Concebido pela Fundação Roberto Marinho em parceria com a Prefeitura do Rio de Janeiro.

É uma obra sustentável: água do mar é armazenada em reservatório é tratada para ser utilizada no ar condicionado e espelho d’água que circula o edifício e a cobertura é constituída por painéis fotovoltaicos e se movimentam de acordo com os raios solares.

Obra imponente com espelho d’água desativado. A dica é brincar com o que parece por fora exemplo: baleia, barco,..

A parte fixa da exposição é toda futurista e vale a pena visitar principalmente para ver os vídeos que mostram estatísticas de poluição e o impacto do homem com a natureza. Com restaurante dentro para um café ou refeição e loja de souveniers.

museu do amanha rio de janeiro
Museu do Amanhã

Museu de Arte do Rio

  • Inaugurado em 2013.

Surgiu no âmbito do projeto Porto Maravilha Cultural para promover a valorização e resgate do patrimônio da Região Portuária do centro do Rio de Janeiro.

Ocupa dois prédios da Praça Mauá interligados por uma passarela suspensa, a “cobertura fluida”, foi vencedor na categoria museu do Architizer A+ Awards, conceituado prêmio internacional de arquitetura do mundo.

O ultimo andar funciona como um mirante para o Museu do Amanhã e as exposições vão mudando com o tempo pegamos as “Crônicas Cariocas” achamos a exposição bem interessante.

museu de arte do Rio
Museu de Arte do Rio

Aqua Rio

O maior aquário da América do Sul e possui 5 mil moradores de 350 espécies do Brasil e do mundo, divididos em 28 recintos. Simplesmente lindo! Vale muito a pena! Não podendo faltar na sua lista!!

Muito organizado, tem como tomar cafe no local e é tudo bem sinalizado. As fotos que são montagens são muito divertidas e adoramos, podendo comprar digital ou impressa!

A parte mais legal é caminhar pelo túnel de água e ver os animais, principalmente o tubarão e a raia!

Aqua Rio
Aqua Rio

Dentro do Aqua Rio também fica o Museu de Cera o Dreamland que pode ser visitado por um valor a parte, mas como já fomos visitamos outro acabamos não fazendo esse, mas para quem não conhece acho que vale a pena, porque as réplicas são realmente muito parecidas.

dreamland museu de cera rio de janeiro
Dreamland

Yup Star Rio

A roda gigante tem 88 metros de altura e acomoda 324 pessoas, distribuídas em 54 cabines climatizadas. E está com a empresa desde 2019.

O passeio dura uma média de 20 minutos, porque a roda é bem devagar, mas adoramos conhecer o local.

yup star rio de janeiro
Yup Star

Boulevard Olímpico no Rio de Janeiro

  • Na frente dos armazéns do porto.
  • Mural etnias do artista Eduardo Kobra.
  • Extensão: 2,5 km pela orla.
  • Inaugurado em 2016.

Surpreende pela grandiosidade e quantidade de cores, portanto muito legal para tirar fotos.

boulevard olimpico rio de janeiro
Boulevard Olimpico rio de janeiro

Morro da Conceição

  • Marco da ocupação inicial da cidade do Rj.
  • Fundação 1565.
  • Nome recebido de uma pequena capela em homenagem a Nossa Senhora da Conceição em 1590.

Após subir a escada vem uma rua de paralelepípedos com casas lindas e revestidas de quadrados de cerâmicas com desenhos de diversos Santos, mas a maioria das casas estão reformadas e são lindas de ver.

No topo da morro existe a imagem de Nossa Senhora da Conceição e descendo na lateral da Muralha, conhecida como Fortaleza da Conceição, e posteriormente para a Pedra do Sal.

Morro da Conceição, no Rio de Janeiro
Escadaria para o Morro da Conceição

Pedra do Sal

Aliás, a Pedra do Sal ficou conhecida devido ao seu famoso samba que acontece até hoje. Recebeu esse nome, pois os os africanos escravizados descarregam o sal vindo do cais. Os degraus foram esculpidos a fim de facilitar o trabalho de subir nas pedras.

Os sambistas, após o expediente, enfim iam para as casas das tias baianas para realizar rodas de samba e isso deu origem aos primeiros ranchos carnavalescos.

Escadaria na Pedra do Sal.
Pedra do Sal

Outras dicas: Jardim Suspenso do Valongo, Cemitério dos Pretos Novos, Palácio Episcopal da Conceição e Igreja de São Francisco da Prainha.

Bondes Santa Tereza

  • É um sistema antigo, ao passo que foi inaugurado em 1 de setembro de 1896.
  • Foi revitalizado com o intuito de ir até o antigo e badalado bairro de Santa Tereza
  • Saindo da estação carioca passando pelos arcos da Lapa e com o fim de chegar ao Morro Dois Irmãos.
  • Valor R$20,00, por pessoa e, contudo, moradores usam uma carteirinha e podem usar o transporte sem custo.
  • Trem sai de trinta em trinta minutos.
  • Funcionamento de segunda a sexta das 08 às 15 hs e no final de semana e feriados das 10 às 15 hs.

Gostamos do passeio sendo bem agradável, vale pela vista do bairro e da cidade, podendo para em certos locais e depois pegar o bonde para descer, mas os trens são bem cheios recomendamos não sair.

Já estávamos em Santa Tereza para almoço no Bar do Mineiro e tivemos que descer pelos Arcos da Lapa para chegar na estação Central e pegar o trem, mas fica próximo a Petrobrás.

Bondes de Santa Teresa
Bonde de Santa Teresa

Forte de Copacabana

  • Oficialmente denominado como Museu Histórico do Exército / Forte de Copacabana.
  • As obras da Fortaleza na Ponta da Igrejinha em Copacabana foram iniciadas 5 de janeiro de 1908, então presidente da República Afonso Pena, e do Ministro da Guerra, marechal Hermes da Fonseca.
  • Valor: R$6,00 por pessoa.
  • Por fim, Foi inaugurado em 28 de setembro em 1914 sendo o Presidente Marechal Hermes da Fonseca.

Atualmente, funciona um museu, mostrando armas antigas e contando a história do Brasil, inclusive com as bandeiras que o Brasil já teve e, sem dúvida, muito interessante.

Tendo ainda um espaço com uma vista linda para a praia e espaço para tomar um café, tendo até uma Confeitaria Colombo, mas não é parecida com o centro. E adoramos o local pois foi surpreendente.

Fomos tentar ver o por do sol na região do Arpoador, mas sofremos um arrastão e roubaram a minha corrente e machucaram o meu pescoço então assim que sairem do forte programe ver o por do sol em outro lugar.

Forte de Copacabana
Forte de Copacabana

Corcovado e Cristo Redentor no Rio de Janeiro

  • Primeiramente, o Corcovado é um dos morros da cidade do Rio de Janeiro.
  • Em segundo lugar, nele está a estátua do Cristo Redentor de 38 metros de altura.
  • Em terceiro lugar, faz parte das Novas Sete Maravilhas do Mundo
  • Por fim, encontra-se no Parque Nacional da Tijuca.

Como chegar no Corcovado

Através do trem da concessionária Trem do Corcovado, das vans da concessionária Paineiras-Corcovado, dos condutores de visitantes ou a pé, sendo assim variando os preços.

Nossa experiencia no Corcovado

Esse foi o nosso primeiro passeio no domingo e chegamos conforme orientação de chegar trinta minutos antes da abertura e conseguimos ser as primeiras pessoas ao entrar no trem para o Cristo, o que foi demais.

Compramos os ingressos pela internet indicamos não deixar para fazer isso na última hora para não ter que ficar esperando. A região do trem é o Cosme Velho e indicamos pegar um táxi ou um Uber até o local, porque não tem estacionamento no local.

Também tivemos sorte na hora de tirar alguma fotos de não ter muitas pessoas nas fotos e o lugar é ótimo para você conseguir ter uma linda vista panorâmica da cidade.

Trem do Corcovado
Sinalização para o trem do Corcovado
Cristo redentor rio de janeiro
Cristo redentor Rio de Janeiro
Vista panoramica do corcovado no Rio de Janeiro
Vista panoramica do Corcovado

Parque Lage

  • Parque Nacional da Tijuca.
  • É um antigo engenho de açúcar na época do Brasil Colonial.
  • O Engenho Del Rey pertencia a Antonio Salema, governador do Rio no século XVI.
  • Localizado nas encostas do Corcovado e ao lado do Jardim Botânico.

Em 1859 faz parte da propriedade de Antônio Martins Lage, passa para outras mãos, mas seu neto Henrique Lage compra a propriedade.

Henrique Lage se apaixona e casa com a cantora lírica italiana Gabriela Besanzoni e a fim de agradá-la constrói um réplica do “palazzo romano”.

E entrou em um dos meus lugares favoritos do Rio de Janeiro não só pelo lugar ser lindo, mas também por servir um café da manhã delicioso.

Entrada do Parque Lage no Rio de Janeiro
Parque Lage

Parque Nacional da Tijuca no Rio de Janeiro

  • Unidade de conservação brasileira.
  • ICMBio.
  • Em 1961, o Maciço da Tijuca (paineiras, Tijuca, Gávea Pequena, Trapicheiro, Andaraí, Três Rios e Covanca) foram transformados em Parque Nacional e em 2004 um decreto ampliou incorporando o Parque Lage, Serra dos Pretos Forros e, enfim, o Morro da Covanca.
  • Limite de 39,41 quilômetros quadrados.

Tentamos ir no Pico da Tijuca e na Vista Chinesa, mas no primeiro a trilha o acesso está proibido após às 15 horas, por causa da pandemia, e a segunda não pode subir de carro, somente a pé.

Associado com a chuva e provavelmente uma baixa visibilidade deixamos então para uma próxima visita. Todavia, só conhecemos a Cachoeira Cascatinha Taunay que fica logo na entrada.

Parque Nacional da Tijuca
Entrada do Parque Nacional

Ilha da Gigoia

Localizada na Barra da Tijuca a ilha é uma ótima opção para um passeio com almoço. O local é conhecido como Pantanal Carioca. Ilha da Gigoia é considerada muito segura e tem um clima bucólico e tranquilo com diversas opções gastronômicas, é difícil escolher um restaurante entre tantas opções.

O passeio de barco dura 30 minutos e nesse tempo é possível passar por 5 ilhas e no final onde o mangue não dá para passar está cheio de jacarés e capivaras de todos os tipos de tamanho.

Ilha da Gigóia
Ilha da Gigóia

O acesso fica ao lado do Shopping Barra Point, até se você estiver de carro indicamos parar lá e para embarcar é só ir entre o posto de gasolina e a UNIMED que você encontrará o pier.

O valor do passeio é de R$30,00 por pessoa, mas dependendo do número de pessoas é negociável, após o passeio escolhemos o Bar do Cicero (instagram) almoçamos e ficamos bebendo drinks deliciosos no local e foi um passeio bem gostoso que indicamos.

Bar do Cícero, na Ilha da Gigóia
Bar do Cícero, na Ilha da Gigóia

 Pedra do Pontal no Rio de Janeiro

  • Entre a Praia do Recreio dos Bandeirante e Praia da Macumba.
  • Início da trilha no posto 12.
  • Trilha de dificuldade média para difícil, pois possui corda.
  • Distância: menos de dois km (ida e volta).
  • Tempo: uma hora (ida e volta)
  • Altitude: 123 metros
  • Entrada: Gratuita.
  • Com áreas de estacionamento próximos.

Achei linda a estreita faixa de areia que fica entre as duas praias, sendo assim vale muito a vista.

Pedra do Pontal
Pedra do Pontal

Faça o download do GPX da Trilha da Pedra do Pontal.

Powered by Wikiloc

Vista Chinesa no Rio de Janeiro

Histórico da Vista Chinesa

  • Em suma, seu nome “Vista Chinesa” tem origem nos agricultores trazidos da China para o Rio de Janeiro, no século XIX.
  • Entrada Gratuita.

Inicialmente, foram cem os chineses que vieram da colônia portuguesa de Macau, em 1812 trazidos pelo Conde de Linhares, por causa de ordem de Dom João VI. Eles foram trazidos com a finalidade de testar a plantação de chá em solo brasileiro para comercializar na Europa.

Os imigrantes, que tinham experiência no plantio, estabeleceram-se nos fundos do Jardim Botânico, mas o sabor não era dos melhores e pelo paladar ruim parou a produção e outra hipótese é que os trabalhadores que vieram não eram tão experientes na produção de chá.

Posteriormente e mais acima, na mesma Estrada da Vista Chinesa, um local feito para servir como ponto de repouso nos frequentes passeios da família imperial ganhou o nome de Mesa do Imperador.

Nossa Experiencia na Vista Chinesa

A Vista Chinesa é um mirante estilo chinês que faz parte do Parque da Tijuca, localizado no Alto da Boa Vista e, todavia, não está podendo entrar de carro, somente indo a pé ou de bicicleta.

Se for de carro até o local, tem que parar na rua Pacheco Leão, de lá são dois km até a entrada do parque e no parque mais três km até a vista, e um quilômetro logo depois fica a Mesa do Imperador, sendo tudo asfaltado.

Pela vista a Mesa do Imperador não achamos que vale a pena, mas sim pelo treino, se você subir as escadas consegue fazer uma trilha em uma mata fechada de 5,8 km para frente indo para o Portão da Floresta da Tijuca, tendo que pular o muro para ver a trilha.

Todas as trilhas acima fazem parte da trilha transcarioca que possui 180 km no total e fizemos os trechos vista chinesa x mesa do imperador, pela mata fizemos apenas 800 metros, porque mesmo sendo bem sinalizada estava muito vazia.

Vista Chinesa, no Rio de Janeiro
Vista Chinesa, no Rio de Janeiro
Vista panoramica da vista chinesa
Vista panoramica

Jardim Botânico no Rio de Janeiro

  • Uma das mais belas e bem preservadas áreas verdes da cidade e assim é um exemplo da diversidade da flora brasileira e estrangeira.
  • Encontram-se 6.500 espécies (algumas ameaçadas de extinção).
  • Em uma área de 54 hectares.
  • Existem diversas trilhas a serem seguidas.
  • Funcionamento: Segundas das 12h às 18h. Terça a domingo das 8h às 18h.
  • Valor R$15,00 por pessoa.

Primeiramente, é preciso agendar para comprar o ingresso e depois comprar no guichê. E achamos que vale muito a pena conhecer o parque não só pela sua beleza das arvores e flores, mas pela parte arquitetônica.

Um ótimo local para passar a tarde caminhando e, por certo, tirando lindas fotos.

Jardim Botânico
Entrada do Jardim Botanico
Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Jardim Botânico

Leia sobre nossa viagem em Onde Comer no Rio de Janeiro.

Você também pode gostar...

6 comentários

  1. […] Se você leu até aqui é porque gosta de comer e, então, leia mais dicas de comida em: Rio de Janeiro. […]

  2. Suelen Mary Sullentrop Spehar diz:

    Eu amei as fotos, as dicas e as explicações de cada ponto turístico. De fato, o Rio de Janeiro continua lindo. Amei. ♥️😘

    1. Carol Varuzzi diz:

      Obrigada pelo carinho e por seguir a gente!!!

  3. Suelen Mary Sullentrop Spehar diz:

    Eu amei as fotos, as dicas e as expliy de cada ponto turístico. De fato, o Rio de Janeiro continua lindo. Amei. ♥️😘

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.