Nossa primeira viagem - Capim Amarelo
Brasil,Minas Gerais,Passa Quatro

Capim Amarelo portal da Serra fina

O Capim Amarelo, no município de Passa Quatro, sendo o portal da Serra Fina tem seu cume a 2570 metros de altitude em relação ao nível do mar mas, por algum motivo que desconheço, não aparece na lista dos pontos mais altos do Brasil.

Seu nome é por causa do amarelo que fica seu cume, no outono por causa da sua vegetação que é o capim seco.

Talvez seja pelo fato de estar numa região onde estão dois outros pontos mais altos, não apenas a Pedra da Mina como também o Pico dos Três estados, todos numa região conhecida como Serra Fina.

Como chegar em Passa Quatro

Como chegar de São Paulo:
• Dutra, até a entrada de Cruzeiro, depois SP-052 (Dr Avelino Júnior) até Passa Quatro – https://goo.gl/maps/JcfZmeS4NzUsdukm8
• Ayrton Senna + Carvalho Pinto + Dutra – https://goo.gl/maps/geipiDQhcFkR9Aey5

Vantagens e desvantagens:
• Dutra (244 km e 3h 55m) – menos pistas, mais caminhões e menos pedágios.
• Ayrton Senna (252 km e 3h36m) – mais pistas, menos caminhões e mais pedágios, sendo o tempo e distâncias parecidos.

Escolhemos:
Assim sendo, escolhemos a Rodovia Presidente Dutra e realizamos a viagem em 4 hs e 30 min, contando trânsito e uma parada.

Capim Amarelo

Veja a localização do Capim Amarelo no Google.

  • Localizado na Serra Fina.
  • Altitude: 2570 metros
  • Temporada de montanha no Brasil: maio até setembro.
  • Dificuldade da trilha difícil.
  • Distância: 9 km ida e volta Toca do Lobo.
  • Altimetria: 1.125 m.
  • Estacionamento e entrada: grátis.

Essa foi a nossa primeira viagem juntos e por isso será nosso primeiro post. Fizemos a viagem com a equipe da TRB (Trail Runners Brasil), comandada pelo Marcelo Sinoca e foi um treino especial, pois estávamos na época da festa junina! Fomos comemorar com a equipe do Andrey e seus integrantes, com direito a montanha, fogueira, quentão, cachorro quente e canjica, só para exemplificar.

O Capim amarelo, em resumo são montanhas localizadas na divisa de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. O acesso mais fácil, com toda certeza, é pela cidade de Passa Quatro, em Minas Gerais. (Atenção: não confunda com Santa Rita do Passa Quatro!) Pelas principais rodovias, pois estão distantes cerca de 500 quilômetros.

Não é que não possam ser feitas fora da temporada de montanha , mas pela possibilidade de você pegar chuvas e se for até uma cachoeira pode se deparar com tromba d’água.

Capim Amarelo: Recomendações

Primeiramente, o que considero muito importante, em todas as trilhas que fazemos, levamos mochila de corrida abastecida com 1.5 l de água para cada um, comida e kit curativo no mínimo! Em resumo são itens obrigatórios!

Em segundo lugar, dependendo da previsão do tempo, temos Anorak (jaqueta impermeável) e capas de chuva, embora não obrigatórios mas, são itens que usamos sempre! Vocês perceberão nas fotos do blog.

Utilizar um tênis com um bom grip dessa forma para não escorregar. O Andrey recomenda o uso de luvas, pois servem de proteção no caso de se apoiar numa planta com espinhos, ou em uma queda.

Cristas do Capim Amarelo
Mochilas de Hidratação na montanha

Nossa Experiência

Nesse dia, só de curiosidade, no caminho até a Toca do Lobo, que é o inicio da trilha, meu pneu rasgou, surpreendentemente, quando passamos por uma pedra. Então a segunda dica, quando for para um lugar assim é bom levar um estepe e, se possível, use um carro 4×4.

A estrada ate a entrada da Toca do Lobo é um caminho de terra batida e com muita pedra, ou seja, essas coisas podem acontecer.

Capim Amarelo: Caminho até o Cume

O tempo de chegada ao topo, vai depender do ritmo da caminhada, fomos bem acelerados e, assim, demoramos 2 horas para conseguir subir. No caminho, tem uma vegetação alta, quase não dá para ver a pessoa da frente, e também tem uma parte com pedra onde tem uma corda que auxilia a chegada ao topo (pessoalmente, a pior parte, principalmente na descida).

Vegetação do Capim amarelo
Vegetação Capim Amarelo

Quando chegamos no cume, há o livro para você assinar. Eu acho muito interessante, porque fica um registro seu no local, que também é utilizado para fazer o controle do número de frequentadores. Nas nossas próximas viagens, citaremos varias vezes esses livros.

Vista do cume no Capim amarelo
Vista do Cume

A caminhada só tem subida até a crista da montanha, é possível correr, sendo a parte que eu mais gosto de fazer. Já a descida, deixo com o Andrey, pois tenho grande dificuldade técnica.

Vista da crista da montanha
Vista da crista rumo ao Capim Amarelo

Na volta, trocamos finalmente o pneu do carro. Não foi fácil porque o espaço era pequeno e tem sempre o risco de o carro afundar, mas deu tudo certo. Ufaaaa!

Powered by Wikiloc

Você também pode gostar...

7 comentários

  1. […] falar a primeira vez em Aiuruoca (site) quando estava em Passa Quatro hospedada na Casa de Pedra, fiquei fascinada pela região e, assim, falei para o Andrey que […]

  2. […] do nosso amigo Carlos. O mesmo amigo que nos ajudou a trocar o pneu no nosso primeiro post do Capim Amarelo. Como é domingo não tomamos vinho então será só a […]

  3. […] que vocês tenham gostado e podem ler mais dicas da cidade em nossos antigos post sobre o: Capim Amarelo e a Travessia da Serra […]

  4. Carlão says:

    Quero meus créditos na coordenação da troca do pneu da nave. Kkkkk

    1. Carol Varuzzi says:

      Voce mais que merece Carlos! Fez todo trabalho praticamente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.