torre do castelo campinas
Brasil,São Paulo

O que fazer em Campinas: guia de um dia

Localizada a 98 Km da Capital do Estado, Campinas é a terceira cidade mais populosa do estado de São Paulo, pois fica atrás apenas de Guarulhos e da capital paulista.

Devido o seu grande progresso, também ficou conhecida como a “Princesa d’Oeste”, já que fica a oeste da capital do estado.

E, mesmo sendo um polo industrial, possui pontos turísticos interessantes para serem visitados na cidade.

História da cidade

A vila surgiu na primeira metade do século XVIII como um bairro rural da Vila de Jundiaí e por isso era passagem obrigatória das Missões dos Bandeirantes que iam para as minas de ouro no interior.

O povoamento teve início entre 1739 e 1744 por conseqüência da vinda de Taubaté do Capitão Francisco Barreto Leme do Trado. Em 14 de julho de 1774, numa capela provisória, foi celebrada a primeira missa oficializando a fundação da Freguesia Nossa Senhora de Conceição de Campinas. E, logo depois, em 5 de dezembro de 1842 foi elevada à categoria de cidade com o nome de Campinas.

A agricultura teve papel de destaque na história da cidade por causa de seu fértil solo de terra roxa. A primeira cultura agrícola foi a cana-de-açúcar e, além disso, lavouras de café tempos depois. Em pouco tempo, a economia do café impulsionou um novo ciclo de desenvolvimento da cidade. Em 1872,por conseqüência do plantio de café e a construção da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, Campinas passa a ser uma das maiores cidades do Brasil.

Com a crise da economia cafeeira, na década de 1930, a economia de Campinas assumiu um perfil mais industrial e de serviços. A cidade então recebeu imigrantes provenientes de todo o mundo, atraídos pela instalação de um novo parque produtivo.

Com a construção de grandes rodovias como por exemplo a Rodovia Anhanguera (1948), a Rodovia dos Bandeirantes (1978), a Rodovia Santos Dumont (década de 1980), a Rodovia Dom Pedro I, aconteceu o principal acesso à REPLAN Refinaria do Planalto Paulista, Campinas consolidou-se como importante entroncamento rodoviário.

Por fim, a partir de 1998, a ganham destaque os setores de serviços, comércio, pesquisa, serviços de alta tecnologia e empresas na área de logística.

Quando ir para Campinas

Pode-se viajar para a região todo o ano, se bem que que o outono-inverno é a época de seca e temperaturas mais amenas, indo de abril até outubro e gostamos muito de viajar nessa época.

Já na primevera-verão possui temperaturas mais altas e chuvas que podem acabar estragando o passeio, mas com a luz do sol pode fazer lindas fotos.

Como chegar em Campinas

Se você não for de São Paulo, em Indaiatuba, uma cidade próxima, fica o Aeroporto de Viracopos, mas que também é conhecido como Aeroporto de Campinas.

Entretanto, se você vier de São Paulo, tem duas opções que são as Rodovias Anhanguera ou Bandeirantes

O que fazer em Campinas

Trem Campinas Jaguariúna

Operada pela ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária), que cuida das locomotivas que foram fabricadas entre 1958 e 1960, marcando a época da transição da tração a vapor para a então moderna tração a diesel.

maria fumaça campinas
Maria fumaça campinas

Os carros foram recuperados e restaurados com as cores originais da ferrovia, então encontramos equipamentos ferroviários de várias épocas, gerações, modelos e uma diversidade no acervo que é referência no mundo inteiro.

Os antigos vagões são puxados por uma locomotiva a vapor em uma autêntica ferrovia do século 19. O percurso até Jaguariúna possui cerca de 45 km e, no passeio, pode-se tomar café dependendo do ingresso e ouvir a história da ferrovia e da cidade, pois os instrutores explicam tudo.

Tracionada por uma locomotiva que pertenceu à Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, a composição possui quatro vagões, que pertenceram à Estrada de Ferro Sorocabana. O primeiro é o carro-restaurante, onde fomos, seguido pelos, São Paulo-Paraná, Companhia Paulista de Estradas de Ferro, que foi o que voltamos e, por fim, Viação Férrea do Rio Grande do Sul.

Nossa Experiência na Maria Fumaça de Campinas

Pegamos o trem das 10h10, a partir da estação Anhumas, em Campinas, com destino à estação Jaguariúna mas a administração pede para chegar as 9h que é o horário que abre a bilheteria para poder trocar pelo ingresso. No caminho encontramos, belas paisagens das fazendas de café e outras plantações e passamos por duas pontes sobre os rio Atibaia e Jaguari.

O café da manhã é no formato self-service, seguindo os protocolos de segurança, como por exemplo, o uso de luvas. As bebidas são servidas de mesa em mesa, fazendo o passeio passar rápido e de forma agradável!

trem campinas jaguariuna cafe da manha
Café da manha

O trem passa por cinco estações, saindo de Anhumas e seguindo para Pedro Américo, Tanquinho, Carlos Gomes até logo depois chegar em Jaguariúna. Em razão causa da pandemia, no entanto, não é possível descer em nenhuma estação, somente em Jaguariúna.

estação anhumas campinas
Estação anhumas Campinas

Ao chegar a Jaguariúna, os passageiros podem conhecer a estação, visitar uma feira com artesanatos e produtos típicos e, em seguida, almoçar em restaurantes nas proximidades da estação local. A locomotiva fica parada por cerca de 1 hora, e depois retorna para Campinas, ou seja, chegando por volta das 14h.

Durante a viagem, são vendidos vários tipos de souvenires, como por exemplo, a louça utilizada no café da manhã, camisetas, panos de pratos, imãs, entre outros.

trem campinas jaguariuna lembrancas
Souveniers

Gostamos muito de tomar café da manhã no trem e achamos uma experiência muito legal e, portanto, espero que vocês também gostem.

Localização: Rua Dr. Antônio Duarte da Conceição, 1501.

Horário de funcionamento: consulte o site para saber os horários da saída da estação.

Pedreira do Chapadão

O local tem não só pistas de caminhada e corrida como também pista de skate, academia ao ar livre, parquinhos para criança, cachoeira que desce pela pedreira além de gramado gigante para fazer piqueniques ou relaxar. Aos sábados, acontece uma feira verde com venda de plantas para casa.

Também conhecido Praça Ulysses Guimarães, possui uma escultura com o formato a silhueta dele, visível na entrada do parque. 

Parque Pedreira do Chapadão campinas
Pedreira do Chapadão

Localização: Rua Dr. Alcídes Carvalho, S/n

Entrada: gratuita.

Horário de funcionamento: das 6 até 22h.

Lagoa Taquaral ou Parque Portugal

O parque é enorme e da para correr, andar de bicicleta e passear de pedalinho pela lagoa. Aliás, é possível também fazer stand up paddle.

Lagoa Taquaral campinas
Lagoa Taquaral

Existe próximo a entrada uma réplica da caravela Anunciação, de Pedro Alvares Cabral que dá para visitar por dentro e é, de fato, a principal atração do parque.

réplica da caravela Anunciação de Pedro Alvares Cabral
Réplica da Caravela Anunciação

Importante, para quem tem criança que em volta do parque possui várias lojas que vendem comida e bebida, ou seja, não precisam se preocupar na hora da alimentação.

O local tem atrações como o Planetário Municipal e a Concha Acústica, que são usados para apresentações artísticas, além do Museu do Esporte.

Localização: Avenida Heitor Penteado, 1671.

Entrada: gratuita

Horário de funcionamento: das 5h às 22h.

Parque Bosque dos Jequitibás

É é um lugar encantador. Uma remanescente de mata Atlântica em meio a agitação do centro da cidade, criado na década de 1880, é uma das maiores e mais antigas áreas de lazer da cidade.

No bosque, estão localizados o Aquário Municipal, a Casa dos Animais Interessantes que é um mini zoológico, o Museu de História Natural, o Teatro Carlito Maia, que atende o público infantil e, por fim, a Casa do Caboclo, uma réplica de moradia rural brasileira, feita em pau-a-pique.

Parque Bosque dos Jequitibás museu de historia natural
Museu de historia natural

Oferece também espaços para caminhada à sombra das árvores, playground e barracas para venda não só de alimentos como também de bebidas.

Parque Bosque dos Jequitibás
Parque Bosque dos Jequitibás

Localização: Rua Coronel Quirino, 2.

Horário de funcionamento: de terça a domingo das 6 as 18 horas, mas as atrações de terça a sexta das 9 as 13 horas e cobrataxa para entrar. Museu de História Natural R$5,00 por pessoa

Entrada no parque: gratuito.

Torre do Castelo

A Torre do Castelo é um dos principais cartões postais da cidade. Foi construída entre 1936 e 1940, com capacidade original para 250 mil litros de água, mas na verdade é um reservatório de água com 27 metros de altura.

Dá para entrar e, na parte superior, funciona um mirante de onde é possível avistar vários bairros da cidade. E no piso intermediário funciona também o Museu Histórico da Sanasa, que é a empresa de água e esgoto de Campinas.

torre do castelo campinas
Torre do Castelo

Localização: Praça Vinte e Três de Outubro, s/nº.

Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 10h às 12h e das 13h às 17h. Sábados a segunda, das 10h às 12h e das 13h às 21h.

Entrada: gratuita.

Catedral Metropolitana de Campinas

Inaugurada em 1883 e levou 76 anos para ser construída. O interior é lindo e construído estilo barroco e rococó, possui um órgão centenário igual ao que existe na Catedral de Notre-Dame, em Paris, lustres raros, vitrais belíssimos e um campanário com seis sinos.

Vale muito a pena conhecer seu interior, mas deixamos aqui um porém: por ser centro da cidade, tome cuidado, porque o local está repleto de moradores de rua e há muita aglomeração no local.

catedral metropolitana de campinas
Catedral Metropolitana de Campinas

Localização: Praça José Bonifácio, s/nº.

Horário de funcionamento: de segunda a quarta e de sexta a domingo, das 7h às 19h. Quinta, das 7h às 14h e das 16h às 19h.

Entrada: gratuita.

Basílica Nossa Senhora do Carmo

Foi originalmente a igreja Matriz da cidade e em torno da qual Campinas se desenvolveu e inaugurada em 1781 é a igreja que achamos a mais bonita da cidade em virtude de suas pinturas.

basilica nossa senhora do carmo campinas
Basílica Nossa Senhora do Carmo

Localização: Rua Barão de Jaguara, s/n 

Museu da Imagem e do Som

Fundado em 1975 e sediado no Palácio dos Azulejos, o Museu da Imagem e do Som é uma instituição que, desde sua criação, vem preservando um acervo de memória audiovisual da cidade de Campinas, com centenas de equipamentos de produção e reprodução de imagens e sons.

Tombado pelo IPHAN (1967), CONDEPHAAT (1981) e Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Cultural de Campinas (CONDEPACC) (1988).

Não conseguimos entrar pelo horário, mas a parte de fora está totalmente abandonada.

museu de imagem e som campinas
Museu de Imagem e Som Campinas

Localização: Rua Regente Feijó, 859.

Horário de funcionamento: de segunda a sexta das 10 as 18 hs.

Mercado Municipal de Campinas

O mercado bem menor para quem está acostumado com o mercadão de São Paulo, mas possui 143 boxes, e encontramos uma grande variedade de produtos como verduras, frutos, grãos, temperos, queijos, peixes, ervas, entre outros. Tombado como patrimônio histórico e cultural da cidade de Campinas no ano de 1982.

mercado municipal de campinas
Mercado Municipal de Campinas

Localização: Av. Benjamin Constant, s/n 

Horário de Funcionamento: de segunda a sexta das 07 ás 18 hs e sábado das 07 ás 16 hs e domingo das 07 ás 12 hs.

Onde Comer em Campinas

Fizemos um bate e volta na cidade e, por causa disso, não provamos muitos restaurantes, acabamos só jantando em um que foi, com toda a certeza, uma excelente escolha.

Entre Taças Winebar

É o primeiro winebar de Campinas (instagram) dos sócios Camila Serafim e Pedro Serafim. O negócio foi pensado seguindo uma tendência mundial e, sem dúvida, o lugar é extremamente agradável.

Entrada: dadinho de costela e tapioca com 6 unidades (R$19,00) veio como acompanhamento molho de azeite com ervas para a costela e geleia de pimenta para a tapioca.

Prato principal: Filet mingnon (260 gramas) trufado, gema poché e risoto de grana padano que estava delicioso (R$ 95,00) e Bife Ancho (260 gramas), molho béarnaise e batatas (R$84,00), o ponto da carne veio certinho.

Sobremesa: espuma de coco, praline de castanhas e sorbet de maracuja (R$26,00) uma ótima pedida e pudim de leite com calda de café (R$26,00), como eu não gosto de café pedimos a calda a parte e o pudim estava muito gostoso e macio.

Entre Taças Wine Bar e Restaurante
Entre Taças Wine Bar e Restaurante

Localização: Rua Dr. Emílio Ribas, 1151

Horário de Funcionamento: de segunda á sexta das 11:30 as 15 hs e das 18 as 23 hs.

Leia mais sobre cidades próximas a São Paulo em O que fazer em Santos.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.