Fachada da Vinícola Góes, em São Roque
Brasil,São Paulo

O que fazer em São Roque: roteiro de um dia

São Roque é, de fato, uma cidade que está cheia de cultura, história e gastronomia, e está apenas 60 Km da capital de São Paulo, dando em média uma hora dependendo do local que você mora.

Fomos conhecer vinícolas e atrações na cidade e tudo foi muito agradável mesmo com o dia frio que pegamos na região.

Vamos colocar um menu para você conseguir acompanhar o post.

História da cidade

Primeiramente, São Roque foi fundada 16 de Agosto de 1657, pelo nobre capitão paulista Pedro Vaz de Barros, um bandeirante, e a cidade recebeu o nome, devido a devoção do seu fundador. 

A cidade foi marcada como parada dos que desciam o Rio Tietê em busca de ouro e esmeraldas e teve seu grande impulso de crescimento logo depois da chegada dos italianos.

Os imigrantes iniciaram a plantação dos primeiros vinhedos em São Roque, desse modo, tornando a vitivinicultura umas das principais atividades econômicas da cidade. 

Assim, transformaram São Roque na “Terra do Vinho“, conhecida em todo o país.

Como Chegar em São Roque

De carro existem duas opções pela Rodovia Castello Branco e a Rodovia Raposo Tavares. Acabamos optando pela primeira opção a Castello Branco pois ela possui mais pistas e menos curvas, entretanto dois pedágios.

Pode-se pegar um ônibus da Aviação Cometa que parte da Rodoviária Barra Funda até a Rodoviária de São Roque em diversos horários, mas que demora em média duas horas.

Quando ir para São Roque

Pode se ir o ano todo, entretanto você verá as vinícolas com as videiras de forma diferentes.

No verão, nos meses de janeiro a fevereiro, acontece a colheita de uvas, conhecida como vindima e, em síntese, essa é a melhor época pra encontrar as parreiras carregadas de uvas.

Já a época que fomos, durante o inverno, também é ótimo devido ao clima mais ameno, acompanhado de um bom vinho.

Durante o outono, ocorrem os festivais gastronômicos que também são ótimos de conhecer. 

Em julho, acontece o Festival de Cerejeiras Bunkyo – Sakura Matsuri, onde é possível apreciar cerejeiras floridas, mas esse ano, devido a pandemia, o passeio foi realizado no carro.

A época da alcachofra, acontece na primavera, e também da Expo São Roque, a festa do vinho e da alcachofra que acontece em outubro, mas por causa da pandemia não foi realizado em 2020 e também não será realizado em 2021.

O que fazer em São Roque

Portal de São Roque

Ao chegar pela Rodovia Castelo Branco, você irá passa pelo Portal de São Roque para entrar na cidade.

No local, funciona um Posto de Informação Turística, para você obter informações.

portal de sao roque
Portal de sao roque

Estação Ferroviária

Construída em 1930, tinha conexão com a Estrada de Ferro Sorocabana e hoje é sede da guarda municipal.

Funcionava uma agência de telégrafos e era umas das mais modernas da época, mas hoje deixou de levar passageiros, apenas carga.

Na estação, está um trem desativado para tirar não apenas fotos mas também e postar em redes sociais.

estaçao ferroviaria de sao roque
Estação ferroviaria de São roque
trem na estaçao ferroviaria de sao roque
Trem na estação ferroviária

Morro do Cruzeiro

Proporciona uma linda vista da região central de São Roque. É possível chegar de carro ou caminhando 550 metros da Estação Ferroviária, entretanto, a subida é bem íngreme.

No alto, há uma imagem do santo padroeiro São Roque, que se encontra no morro junto com uma cruz, portanto muitos devotos acabam indo visitar o local e durante julho a agosto é realizada a Novena do Cruzeiro.

Moro do cruzeiro São roque e a cruz
Morro do Cruzeiro
Mirante do cruzeiro em sao roque vista
Vista no Mirante do Cruzeiro

Igreja Matriz de São Roque

É a maior igreja dedicada a São Roque no Brasil. Construída em 1935, é uma bela construção considerada como umas das igrejas mais bonitas do Estado de São Paulo.

Igreja matriz de São roque
Igreja matriz de São Roque

Mirante do Saboó

Está localizado na Estrada do Morro do Saboó, fácil de encontrar pois o caminho é bem sinalizado e com um estacionamento na frente do local.

Vista privilegiada para um por do sol lindo na cidade e lindas fotos. Não possui estrutura turística no local, contudo a vista é realmente linda e vale a pena ir conhecer.

Mirante do Saboó para ver o por do sol
Mirante do Saboó

Vinícolas em São Roque

Em meados do século XVII, como já falamos, Pedro Vaz de Barros, fundador da cidade de São Roque, ficou entusiasmado com as terras da região de tal forma que ele, juntamente com os moradores, investiram na plantação de frutas e na produção de vinhos.

O Roteiro do Vinho é uma oportunidade de vivenciar essa história e toda a tradição da cidade pois podemos visitar adegas, vinícolas, restaurantes, hotéis e pousadas, tudo em meio à natureza com mata atlântica preservada.

Vila Don Patto

Iniciamos o nosso passeio pela Vila Don Patto (site) que é um complexo turístico para toda família, com local para comprar vinho, empório, cervejaria, panificadora, restaurante e lojas de souvenires e, além disso, o complexo é lindo, limpo e bem conservado.

Sugestão é colocar em seu roteiro para chegar lá durante o almoço ou após, para sobremesa. Percebe-se pelo menu de comida portuguesa de altíssima qualidade mas, como chegamos cedo, nós apenas tomamos um café. Porém, na cafeteria você pode pagar um valor fixo e comer tudo que tem na mesa e, além disso, pedir o café com doces portugueses.

Para crianças, o playground é um ponto importantíssimo porque é cheio de atrações.

Vila Don Patto espaço em São roque e dica de vinícola
Vila Don Patto

Localização: Estrada do Vinho, km 2,5.

Contato: (11) 4711-3001

Vinícola XV de Novembro

Fundada por Brasílio Augusto de Moraes há mais de 60 anos, a Vinícola XV de Novembro (site), é hoje administrada por seu filho e por seu neto e, além disso, conta com uma produção feita a partir de vinhedos selecionados.

A marca Quinta Moraes, iniciou em 2008, trouxe para o catálogo da vinícola uma variedade de vinhos finos, mas infelizmente não provamos.

Deve ser legal ir na primavera para ver as alcachofras, porque tem uma grande plantação no local, próximas às uvas.

De todas, achamos a vinícola mais bonita em sua construção e, portanto, vale muito a pena colocar em seu roteiro.

Vinícola XV de Novembro dica do que fazer em São Roque
Vinícola XV de Novembro

Localização: Estrada do Vinho Km 4,5.

Contato: (11) 4711-2044 / (11) 97150-9584.

Vinícola e Restaurante Canguera

Iniciou a plantação na década de 1950, a vinícola Canguera (site) é pioneira na enologia de São Roque. Hoje, é administrada pela terceira geração.

Local é lindo e tem um bom restaurante que vende pastel de alcachofra, mas já tínhamos almoçado e não conseguimos provar, então fica apenas a dica.

No local, existe o museu do vinho com alguns maquinários antigos da produção, engarrafamento do vinho, mas um local muito pequeno e sem ninguém para explicar. Dessas forma, é melhor ouvir as explicações na loja da Vinícola XV de novembro.

Possui espaço para as crianças brincarem com playground e até um pônei para poder andar, mas que é pago.

Vinícola e Restaurante Canguera muito agradável
Vinícola e Restaurante Canguera

 Localização: Estrada do Vinho Km 8.

Contato: (11)4711-1304.

Vinícola Góes

Desde 1938, a família de Gumercindo Góes, que é um dos pioneiros produtores de vinhos do país e espumantes, faz da Vinícola Góes, sem dúvida, uma das grandes produtoras de vinhos no Brasil.

Além dos dois vinhedos próprios em São Roque, a vinícola conta com uma unidade produtora na serra gaúcha, em Flores da Cunha.

Iniciaram a produção de uvas viníferas finas e começaram a alguns anos a ganhar prêmios internacionais, sendo uma das vinícolas mais premiadas em São Paulo.

Na vinícola, você pode realizar visitas guiadas, com uma degustação completa da linha de vinhos, de valores diferentes de acordo com o tipo do vinho, mas impossível tomar todos, porque possuem mais de 50 rótulos.

Conta com três restaurantes, dois cafés e um wine bar dentro do complexo de enoturismo.

A maior de todas as vinícolas, sem dúvida, e é muito bonita com um lindo jardim, sendo muito agradável passar lá um final de tarde, mas também uma das mais cheias por causa da sua imponência e popularidade.

Nela, há lojas de souvenires e indicamos você deixar para comprar lá, porque elas possuem bons produtos e preços mais baratos que as outras e, na loja de vinhos, você poderá comprar desde suco de uva até vinhos chilenos produzidos por eles e vinho na lata.

Vinícola Góes a maior e muito bonita
Vinícola Góes

Localização: Estrada do Vinho Km 9.

Contato: (11) 4711-3500.

Vinícola Palmeiras

Local pequeno com degustações dos produtos, gastronomia, cafeteria.

Existia uma chocolateria ao lado mas, infelizmente, se encontra fechada.

Não vimos espaço kids.

somente entrar e visitar
Vinícola Palmeiras

Localização: Estrada do Vinho Km 10.

Contato: (11) 4711-1500

Vinícola Bella Aurora

Fundada na década de 20 por imigrantes portugueses, em suma, iniciou sua produção para consumo caseiro. A produção em escala comercial teve início em 1932.

O lugar é lindo no final de tarde e tem um deck com uma vista bonita, onde você poderá degustar bons vinhos e pratos típicos. Fica um pouco afastada das outras mas achamos que vale a pena ir e, no verão, a plantação fica em um lugar de destaque e deve ser lindo ver as videiras cheias de folhas verdes.

Para melhor atender os clientes, a cantina dos Vinhos Bella Aurora foi montada no interior de um autêntico tonel de madeira com capacidade para 120 mil litros.

Quem vier pela estrada Raposo Tavares, vale a pena começar o passeio por ela.

Possui espaço kids com um playground.

Vinicola bella aurora e sua linda vista
Bella Aurora

Localização: Rod. Raposo Tavares, Km 56,5 

Contato: (11) 4714-1000

Vinícola Casa da Árvore

É uma vinícola boutique e, em contraste com as outras, é um vinícola de família eslovena e produzem vinhos e espumante que são feitos pelo método tradicional, champenoise, utilizando uvas Lorena.

Local bastante agradável, foi a última vinícola que visitamos no dia e onde tomamos um vinho esloveno, no jardim. O restaurante também possui comida típica da Eslovênia e funciona com reserva, mas acabamos não provando. Próximo ao restaurante um lago com uma casa na árvore.

Paramos lá e bebemos um vinho esloveno jovem que estava bem gostoso e, com toda certeza, essa vinícola tem que entrar no seu roteiro.

Possui espaço kids, mas está fechado em razão da pandemia.

Vinícola casa da árvore em São roque super aconchegante
Casa da Árvore

Localização: Quintino de Lima KM 1.5

Contato: (11) 99620 1212

Onde Comer em São Roque

São Roque é muito conhecida pela sua gastronomia e como vocês já notaram, nas vinícolas existem muitas opções de restaurantes acabamos escolhendo a Quinta do Olivardo (site).

Quinta do Olivardo

História da Quinta do Olivardo

É um restaurante Português maravilhoso cuja gastronomia foi inspirada em tradicionais receitas da Ilha da Madeira e, sem dúvida alguma, indicamos você ir conhecer. Possui também uma vinícola.

Idealizado pelo chef Olivardo Saqui, pois ele queria ter sua própria vinícola. Em 2007, vendeu todos os bens e comprou uma propriedade em São Roque, começando assim a plantar uvas. 

A casa nasceu com o objetivo unicamente de servir vinhos. Mas, com o passar do tempo, os visitantes começaram a pedir outros acompanhamentos, como o famoso bolinho de bacalhau. A partir de então, ampliou os negócios e virou um grande restaurante.

Atrativos na Quinta do Olivardo
Quinta do Olivardo

Atrativos na Quinta do Olivardo

Um lugar feito para passear com a família pois possui um playground gigante, circuito de aventuras, incluindo arvorismo, pedalinho, escalada e tirolesa. O preço é cobrado por atração e custam a partir de R$15,00.

As crianças ainda podem visitar gratuitamente os bichinhos na fazendinha. Fomos na tirolesa e foi muito legal. O preço é R$30,00 por pessoa, o passeio é rápido mas divertido.

Possui não apenas o restaurante mas também empório, lojas de souvenires, padaria, sorveteria e cafeteria chamando atenção pelo tamanho do terreno.

O Restaurante

Estávamos em dois casais e mesmo tendo um cardápio vasto e para todos os gostos, aí vão nossos pedidos.

Entrada: bolinho de bacalhau com e sem queijo com casquinha crocante e textura cremosa, uma iguaria imperdível que indicamos você provar.

Prato Principal: bacalhau a moda da casa que serviu facilmente três pessoas e estava simplesmente espetacular e um prato individual de filet mingnon que também estava gostoso.

Sobremesa: pedimos muitas opções para provar os pastel de Belém, pastel de Santa Clara, pastel de Coimbra e, por fim, dois quindim e tudo estava delicioso!!! E não saberia indicar um somente para você provar, mas existem outras opções no cardápio.

Pratos na quinta do Olivardo maravilhosos
Comida na Quinta do Olivardo

Espero que você tenha gostado da nossa rota do vinho em SP e saiba mais sobre viagens e bons vinhos em Bento Gonçalves.

Você também pode gostar...

2 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.